Nas últimas semanas, uma série de terríveis tufões atingiu grande parte do Sudeste Asiático. Muitas pessoas descreveram as enchentes como as piores que já experimentaram em suas vidas.

Sidney Moss, Diretor Regional dos Harvesters para o Sudeste Asiático, explicou que um país como as Filipinas está acostumado a condições climáticas adversas. Este país enfrenta até 20 tempestades tropicais ou tufões a cada ano. “No entanto, em novembro (2020), seguiram-se cinco tempestades em quatro semanas e os efeitos desses tufões causados ​​por ventos fortes e chuvas torrenciais causaram danos generalizados”, explicou Sidney.

As estradas estavam cobertas de água e, em alguns casos, quase ficaram atolados em uma profunda camada de lama. Milhares de pessoas ficaram desabrigadas e centenas morreram. O país já estava em uma situação muito difícil devido à pandemia COVID-19.

Estima-se que essas tempestades afetaram mais de 2,5 milhões de pessoas, o que também inclui países como Camboja e Vietnã. Tempestades chegaram a oeste das Filipinas e inundaram grandes partes desta região.

Sidney deu um testemunho incrível: “O pastor Tuan, líder de Núcleo dos Harvesters, planta igrejas na província de Quang Nam, no Vietnã. Em 1º de novembro, liguei para ele durante os primeiros estágios do Super Tufão Goni. Ele me contou como o vento havia arrancado muitos dos telhados das casas em sua aldeia e a água continuou subindo rapidamente em sua vizinhança, logo atingindo o nível do pescoço em muitos lugares. A energia havia sido desligada na província, e ele não esperava que a bateria de seu telefone durasse muito mais enquanto continuávamos a falar. ”

A família do pastor Tuan teve que abandonar sua casa porque quase todos os seus pertences e o equipamento da igreja estavam completamente submersos na água. Primeiro, eles se mudaram para a casa de seus pais, mas tiveram que abandonar pela segunda vez porque a água continuava subindo. “Quando conversamos no dia seguinte, Tuan me disse que eles estavam no alto da montanha com três famílias e agora estavam hospedados com seu primo”, disse Sidney.

A tempestade passou relativamente de forma rápida, mas deixou muitas aldeias com estradas destruídas ou entulhadas de árvores caídas e postes de energia. As casas, que muitas vezes também são usadas como igrejas, foram enterradas sob pilhas de entulho e areia.

Sidney explicou ainda: “Consegui entrar em contato com dois líderes nossos na cidade de Hanói e da cidade de Ho Chi Minh. Eles concordaram em visitar a área alguns dias depois para ajudar os líderes de Núcleo e as comunidades que foram atingidas pelo tufão e tiveram que agir rapidamente, pois o próximo tufão estava prestes a atingir novamente o continente. ”

Estes líderes, junto com o pastor Tuan e alguns outros líderes de Núcleo que receberam pacotes de ajuda inicial através das doações levantadas, também foram capazes de ajudar outras pessoas em suas comunidades, enquanto reconstruíam suas próprias casas e vidas.

O líder dos Harvesters no Vietnã conseguiu ajudar a distribuir ajuda às pessoas mais afetadas, mas os suprimentos estão muito limitados devido ao tufão e aos efeitos contínuos do COVID-19.

Mesmo com os tufões espalhando o caos, os pastores ainda estão compartilhando o Evangelho e espalhando esperança. O poder do Evangelho no Vietnã é profundo. Quando você olha para uma vida que foi mudada por Cristo, isso muda sua família, seu trabalho, comunidades … isso muda todos os aspectos de suas vidas. Isso acontece quando um líder de núcleo está disposto a ir e levar o Evangelho a aldeias não alcançadas.